quinta-feira, setembro 28, 2006

Post tranferido para o blog por falta de espaço no flog


Este post é inteiramente sobre política e as eleições deste domingo. Se você não gosta ou não se interessa, desligue o computador e se mate de uma vez. Pra quem está indeciso sobre em quem votar para presidente, esse texto pode ajudar. Tudo o que vou falar aqui é pessoal, então por favor poupe-me de comentários chatos defendendo o Lula. O flog é meu e eu dito as regras.

Primeiramente já declaro meu voto. Eu vou votar no Cristóvam Buarque. Porque vou votar nele:

- Seu foco central é a educação. Assim como eu, ele acha que a educação é a base de tudo. O Brasil vai mal porque a educação vai mal. Uma educação boa forma cidadãos bons. E cidadãos bons viram médicos bons, policiais bons, políticos bons e por aí vai. Como melhorar a saúde no Brasil? Como gerar emprego no Brasil? Como melhorar a segurança no Brasil? A resposta para todas essas perguntas é educação. Óbvio que falar é fácil. Todos os candidatos falaram em melhorar a educação. Mas Cristóvam centraliza os problemas na educação. E é o único candidato que possui projetos concretos para melhorar essa educação.

- É um humanista e sempre colocou o povo acima de seus interesses pessoais.

- É contra o imediatismo e os benefícios de curto prazo. Enquanto Lula faz operações ‘band-aids’ como o bolsa-família (que não foi ele que criou), Cristóvam pensa no país em longo prazo com projetos de infra-estrutura e educação para formar um país melhor daqui a 20 anos. O país só cresce em longo prazo, nada acontece da noite pro dia.

- O passado de Cristóvam mostra que ele é decente. Fez um excelente governo no Distrito Federal e é um excelente senador. Também foi Ministro da Educação de Lula, porém passou um pouco despercebido. O mesmo Lula não dava à Cristóvam total liberdade e o demitiu por telefone por contrariar seus interesses pessoais. Além disso, foi reitor da Unb por muitos anos.

Cristóvam também foi o autor do famoso discurso que circulou por e-mails de todo o país sobre a Internacionalização da Amazônia. O texto pode ser lido aqui:

http://www.portalbrasil.eti.br/reportagem_amazonia.htm

Além desse discurso, vale a pena ler também um artigo dele sobre a pobreza:

http://www.portalbrasil.eti.br/reportagem_cristovambuarque.htm

Quem se interessar, há vídeos no Youtube que mostram Cristóvam em entrevistas e debates. Os links de alguns deles:

http://www.youtube.com/watch?v=Gmpu1vDLKMA – Cristóvam no Jô

http://www.youtube.com/watch?v=K3WjTthfGQs – Entrevista em Minas

http://www.youtube.com/watch?v=Oh7702wsU-I – Sabatina do Estadão

Sim, isso aqui é propaganda pura. E o que há de errado nisso? Nunca fiz propaganda de político nenhum. Não sou afiliado a nenhum partido. Posso votar em partido de esquerda ou de direita. Só estou fazendo propaganda do Cristóvam porque me preocupo com as coisas.

Muita gente até hoje diz que vai votar nulo. Bom, há 2 motivos para votar nulo. Um é quando nenhum candidato te agrada e você decide anular seu voto, isso é aceitável. Outro motivo é tentar fazer um ‘protesto’. Se funcionasse, seria válido, mas não funciona. Um e-mail circulou por aí durante os últimos meses com uma campanha do voto nulo e dizendo que se mais da metade dos votos forem nulo, a eleição será anulada e outra será convocada. Não tem nada disso. Quem escreveu esse e-mail se baseou num artigo da lei eleitoral que diz algo como “se houver nulidade em mais da metade dos votos, a eleição será cancelada”. A lei foi mal interpretada. A ‘nulidade’ em questão não diz respeito a votos nulos, e sim a fraudes ou erros. O próprio presidente do STE já esclareceu esse mal entendido. As pessoas não entendem que um candidato é eleito de acordo com a porcentagem dos votos válidos. Se 95 % das pessoas anularem seus votos, os candidatos ainda serão eleitos baseados nos 5 % dos votos válidos. Se só 10 pessoas no país inteiro votarem no domingo, o Lula pode se reeleger por receber 6 votos. É a maioria que conta. Votar nulo acaba que dá o efeito contrário pra quem quer ‘protestar’. Votar nulo é jogar fora uma oportunidade de mudar algo. Se você votar nulo, esse ou aquele candidato não deixará de ser eleito. Mas se você votar nulo, estará aumentando as chances de aquele candidato ser eleito pelo fato de você não votar em outro candidato e assim ‘comer’ um voto do candidato indesejado. Quem vota nulo não pode reclamar.

Vi também que várias pessoas preferem o Cristóvam ou a Heloísa Helena, porém vão votar no Alckmin para que haja segundo turno. Outra besteira. Para fazer com que haja segundo turno, o negócio é só não votar no Lula. O Lula será reeleito no primeiro turno se tiver 50 % dos votos mais 1. Se uma pessoa não votar no Lula e votar no Cristóvam, o Lula terá 50 % dos votos. Se mais uma pessoa votar na Heloísa Helena, o Lula não terá mais 50 % dos votos e não será reeleito no primeiro turno. Não é aumentar os votos do Alckmin que faz com que haja segundo turno. É diminuir os votos do Lula.

Se você quer que haja segundo turno, é só votar em qualquer candidato que não seja o Lula. Isso é estatística.

Mesmo com diversos escândalos e esquemas, ninguém conseguiu atingir diretamente o Lula. Ele diz que não sabia de nada, tanto no mensalão quanto no recente dossiê. Vamos olhar por 2 pontos de vista como isso prova que ele é péssimo para o país:

1- Se ele sabia, ele mentiu para o povo, se envolveu em corrupção, foi falso e antiético. Motivos mais do que suficiente para não merecer nosso voto.

2- Se ele é honesto e realmente não sabia, errou do mesmo jeito. Errou por não conseguir controlar o que se passa na sua equipe, errou por não perceber que havia corrupção no seu andar e errou por escolher mal as pessoas ao seu redor. Para isso, há uma frase: diga-me com quem andas que te direi quem és. Um presidente que não tem a capacidade de manter o controle da equipe que ele mesmo escolheu, não é um líder. É tonto e cego. Não saber de nada é um erro grave. Mas como o Lula não sabe de nada mesmo, em nenhuma área, é compreensível.

O Lula glamouriza a ignorância. O Lula usa sua falta de formação como ferramenta de marketing. Não há nenhuma beleza em não estudar. Não há nada de bonito em só ter a 4ª série, ainda mais para um presidente. Obviamente que formação não é tudo. Mas a ‘não formação’ é nada.

Sei que o Cristóvam não vai para o segundo turno. Mas para quem está indeciso, é uma excelente opção. E sei que a maioria dessas pessoas que se dizem ‘indecisas’, não procurou saber. Não entrou nos sites, não pesquisou sobre os candidatos. Se pesquisasse, ia preferir o Cristóvam.

Esse post além de ser um desabafo e uma propaganda, tenta desmistificar esses boatos e erros que muitas pessoas cometem. Pensem bem na hora de escolher seu candidato.

E pra completar, aderi à campanha “Vá votar com um nariz de palhaço”. Vou comprar meu nariz amanhã. Um protesto silencioso, muito melhor do que jogar fora meu voto. Porque realmente todos nós fomos feitos de palhaço nos últimos anos. E creio que já basta né?

Tá na hora de usar a boca aberta do palhaço pra outros fins.

4 comentários:

Mariana disse...

Bê, gostei mt d seu post consciente e coerente! O Lula e o PT dão mal exemplo para o país. Eu não gosto desse comodismo que parece estar envolvendo os eleitores! Eu voto 45 pq acredito no Alckmin e me identifico com algumas idéias do partido. Acho o Cristovam Buarque uma boa opção,principalmente para os indecisos, é decente e prioriza a educação...tanto q foi despedido desse governo corruPTo!
Tb já aderi a campanha de nariz de palhaço!
bjs pra vc!
Mariana

**Dani** disse...

O Cristovam Buarque eh sim uma boa opcao, mas sem forca, infelizmente. Eu acho que se o Alckmin ganhar pra presidente (pq o Lula seria burrice DEMAIS!!!), ele deveria colocar o Cristovam como Ministro da Educacao. O cara eh bom.

Eu votei 45 pq nao quero o Mula como nosso "prisidente". Pq, como ele falou, ele nao fala latim pra se comunicar com o povo da America Latina (Acredite, ele REALMENTE disse isso.)

Bjus, Be

carolina disse...

oi! vc não me conhece, mas eu entrei no seu blog pra ver os videos e hj eu vi esse post... Lindo! Simplesmente Lindo!! Achei q fosse a única que via isso de forma vergonhosa: "O Lula glamouriza a ignorância. O Lula usa sua falta de formação como ferramenta de marketing. Não há nenhuma beleza em não estudar. Não há nada de bonito em só ter a 4ª série, ainda mais para um presidente. Obviamente que formação não é tudo. Mas a ‘não formação’ é nada."
É ridiculo uma pessoa que acha bonito não ter estudo...

infelizmente não é o que tds pensam... quem sabe daki a 4 anos... :/

Diana disse...

Nada mal, Be.
É nessas horas que a gente ve que o Sr. passou uns dias na frança. Isso nao eh um elogio nem uma critica, eu soh quero dizer que voce ainda ve a democracia, os partidos e os atos politicos como o pessoal daqui do velho continente.
Mas... a gente mora no Brasil, nao eh mesmo? =)
Sera que esse sistema funciona num pais como o nosso?
Nao to sendo extremista nem radical, muito menos anti-democracia, mas eu soh acho que eh hora de começar a fazer a nossa historia com os nossos proprios pés.
Sobre votar ou nao votar no Lula... bom, seis meses depois das eleicoes, acho que nao ha muita coisa a dizer, nao eh mesmo?

Eu soh penso que o problema tah muito mais embaixo, soh isso.

Beijos!